Como instalar a placa Pitanga Community no Manjaro Linux 21.2

Atualizado: 15 de out.

A plataforma Pitanga é um sistema de emulação composto de duas partes: uma localizada no lado-cliente (computador do usuário) e outra localizada no lado-servidor (núcleo de emulação remoto). Apenas o lado-cliente é necessário instalar para emular circuitos digitais. O lado-cliente nada mais é que uma placa virtual que se comunica com o núcleo de emulação remoto.

Neste tutorial, iremos ensinar como instalar a placa virtual no Manjaro Linux 21.2, um sistema operacional baseado no Arch Linux. Ao final, iremos testar a instalação emulando um rotacionador de 10 bits e um acumulador de 16 bits.


Baixando a placa virtual

A placa virtual do Pitanga CE pode ser baixada diretamente de nosso website. É necessário inserir um e-mail válido para receber as instruções de acesso ao download da placa virtual. A placa virtual está empacotada na forma de um arquivo zip.


Instalando a placa virtual

A placa virtual precisa de Python 3.8 ou superior para executar corretamente no Manjaro. Você pode confirmar a sua instalação de Python através do seguinte comando:

$ python3 -V
Python 3.10.1
Caso você esteja utilizando uma versão mais antiga de Manjaro, certifique-se de ter a versão 3.8 de Python antes de prosseguir.

São necessários alguns pacotes Python para poder executar a placa virtual Pitanga no Manjaro. Para isso, siga os passos abaixo:


1) Abra um terminal Linux no diretório onde o pacote zip foi salvo. Em seguida, descompacte o arquivo pitanga-22.10ce.zip e entre no diretório descompactado

unzip pitanga-22.10ce.zip
cd pitanga-22.10ce/

2) Crie e ative o ambiente virtual pitanga

python3 -m venv pitanga
. pitanga/bin/activate

3) Instale os pacotes Python para a placa virtual dentro deste ambiente virtual

python3 -m pip install --upgrade pip
python3 -m pip install -r requirements.txt

Pronto! Os pacotes da placa virtual foram instalados. Agora, é hora de testarmos a instalação.


Rotacionador de 10 bits

A placa virtual vem com algumas amostras de projetos localizadas no diretório samples/. Vamos testar a instalação emulando o projeto rotacionador de 10 bits, conforme indicado no comando abaixo:

python pitanga.py -v samples/rotate10b/rotate10b.v \
                  -p samples/rotate10b/rotate10b.pinout
Quebra de linhas no terminal são representadas por uma contrabarra ("\") . O mesmo comando pode ser realizado em uma linha, sem o sinal de contrabarra.

Note que será impresso no terminal um relatório do consumo de células do projeto rotacionador de 10 bits. A placa Community tem suporte para projetos contendo até 500 células lógicas.

Acumulador de 16 bits

Você pode carregar outros projetos através da interface gráfica. Para isso, pare a emulação do rotacionador de 10 bits clicando no botão "Stop Emulation". Em seguida, clique em "Upload Files" e entre para a pasta samples > accum16. Selecione todos os arquivos desta pasta e clique em "Run".

Note que um novo relatório de consumo de células foi impresso na tela e a placa está com todos os displays de sete segmentos em zero. Inicie o acumulador ativando as chaves sw9 e sw0, conforme indicado abaixo:


Quer brincar um pouco mais com o projeto? Abaixo, segue a funcionalidade de todas as chaves do acumulador:

  • sw9: habilita/desabilita contagem

  • sw7-sw0: incrementa o acumulador (sw7 é o bit mais significativo, enquanto sw0 é o bit menos significativo)

  • btn1: reseta o acumulador

  • btn2: seta o acumulador

Desligando a placa

Para desligar a placa, apenas feche-a e entre com o seguinte comando no terminal de comando:

deactivate

Caso queria executar a placa novamente sem carregar nenhum projeto, digite os comandos abaixo:

. pitanga.sh
python pitanga.py

Parabéns! Você acaba de instalar e emular dois projetos descrito em Verilog na plataforma Pitanga.

 

Curtindo a plataforma Pitanga? Então, considere assinar um de nossos planos. É graças aos nossos assinantes que escrevemos novos tutoriais e mantemos a Plataforma Pitanga CE gratuita. Faça a sua assinatura já!

16 visualizações0 comentário